H&M investe na transformação da indústria da moda para a tornar mais sustentável – e mais transparente. Foi a primeira marca de moda global a publicar a lista dos seus fornecedores online, em 2013, e em 2017 testou a iniciativa de transparência numa escala mais pequena, com as coleções Conscious Exclusive. Agora, a H&M leva este trabalho mais longe ao lançar a iniciativa de transparência de produtos em todas as peças de roupa em hm.com. Para além disso, a maioria dos produtos H&M HOME vendidos online irão incluir também esta informação.

Para cada peça a H&M irá partilhar detalhes como o país de produção, nomes dos fornecedores, nomes e moradas das fábricas, assim como o número de trabalhadores em cada fábrica. Por outro lado, os clientes podem também saber mais sobre os materiais usados para a produção de cada peça. Ao partilhar detalhes extensos sobre onde as suas peças são feitas, a H&M permite que os clientes façam escolhas mais informadas quando compram.

“Estamos muito orgulhosos de sermos a primeira empresa de moda global com nossa dimensão e escala a lançar uma iniciativa de transparência de produto a este nível. Queremos mostrar ao mundo que é possível. Ao sermos abertos e transparentes sobre onde os nossos produtos são produzidos, esperamos definir a fasquia para a nossa indústria e encorajar os clientes a fazerem escolhas mais sustentáveis. Com a transparência vem a responsabilidade, tornando-a num fator muito importante na criação de uma indústria da moda mais sustentável,” afirma Isak Roth, Diretor de Sustentabilidade Global da H&M.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here