A designer portuguesa Márcia Novais foi premiada pela fundação alemã Stiftung Buchkunst por causa do trabalho gráfico para o livro ‘Moer’, de Ana Jota e Ricardo Valentim, foi hoje anunciado.

De acordo com a Direção-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas (DGLAB), Márcia Novais foi pois distinguida com uma medalha de bronze pelo ‘design’ daquele livro, na competição internacional ‘Best Book Design From All Over the World’, da fundação alemã Stiftung Buchkunst.

‘Moer’ foi editado pela Fundação Calouste Gulbenkian, por ocasião de uma exposição conjunta de Ana Jotta e Ricardo Valentim, e reúne no entanto correspondência, imagens e intervenções dos dois artistas, revelando um diálogo entre as práticas artísticas de ambos.

Márcia Novais é ‘designer’ de comunicação no Porto e trabalha desde 2011 na Universidade do Porto; onde desenvolve a identidade gráfica e os eventos que a instituição acolhe.

O Museu de Arte Contemporânea de Serralves e a Fundação Calouste Gulbenkian são duas outras instituições com as quais trabalha.

Segundo a DGLAB, Portugal candidatou 17 livros a esta competição internacional, entre os quais ‘Moer’; selecionados no âmbito entretanto da edição nacional do Prémio Design de Livro 2019.

Os prémios serão entregues pela fundação alemã Stiftung Buchkunst no dia 13 na Feira do Livro de Leipzig, na Alemanha.

Esta é a terceira vez que o design de um livro português é destacado no âmbito daquele concurso internacional; depois de ‘Pê de Pai’ e ‘Verdade?!’, ambos com design do ilustrador Bernardo P. Carvalho, terem recebido menções especiais em anos anteriores.